Tag Archives: quinta

14jul/17
Thumbnail

Carvalhas branco 2015

Oriundo da mítica Quinta das Carvalhas (Real Companhia Velha)em pleno Douroe ali bem perto do Pinhão, este branco afirma-se a cada colheita (nasceu em 2010) como um dos grandes exemplares da região. Na sua base as castas Viosinho e Gouveio oriundas de um dos pontos mais altos da Quinta. Estagia cerca de 8 meses em barrica de carvalho francês antes de sair para o mercado. Neste caso é a mais recente colheita, ainda muito novo e a pedir tempo de garrafa. Nota-se que temos um vinho cheio de detalhes e complexidade, onde de momento a madeira doce ainda surge num plano superior ao da fruta e aqui apenas e só o tempo irá conseguir inverter os papeis. De resto temos a fruta acompanhada por notas de baunilha que confere algo de cremosidade, rebatida por um fundo bem fresco e com alguma austeridade mineral. O preço ronda os 25€ e é daqueles vinhos que apetece ter na garrafeira. 94 pts

Continued here: 

Carvalhas branco 2015

29jun/17
Thumbnail

LSDM 2017: qualità e quantità a New York

Prima giornata si Lsdm a New York con la cucina d’autore nello show Room di Pentole Agnella sulla Quinta. Un pubblico di curiosi e tanti amici americani che ci aspettavano dopo ilsuccesso dello scorso anno. Cominciamo dalla fine, con la perfomance dei Torrente’s, Pasquale e Gaetano, che hanno presentato uno spaghetto con le alici al […]

L’articolo LSDM 2017: qualità e quantità a New York sembra essere il primo su Luciano Pignataro Wine&Food Blog.

From:  

LSDM 2017: qualità e quantità a New York

14mai/17
Thumbnail

Quinta da Bica Vinhas Velhas 2007

Só produzido em anos especiais, este Quinta da Bica Vinhas Velhas nasce de uma vinha com cerca de 50 anos com várias castas misturadas, onde se destaca a Touriga Naciona, Baga, Alvarelhão, Jaen e Rufete. Antes de ser colocado no mercado por coisa que ronda os 10€, tem direito a um estágio que ronda os 5 anos. Grande elegância num vinho já em fase adulta que a caminho dos 10 anos, rejubila na sua elegância com perfil clássico em grande destaque. Frescura, fruta ácida com bagas bem suculentas, leve caruma de fundo, bosque, bouquet com muita finesse e longo final. Num grande momento de forma, é um digno exemplar da região onde nasceu. 92 pts

Original article:

Quinta da Bica Vinhas Velhas 2007

27nov/16
Thumbnail

Terza vetrina d’ingresso rotta in due mesi da La Quinta Pinta a Caserta: adesso basta!

di Andrea Docimo Tre vetrine rotte negli ultimi due mesi. Attacco mirato o coincidenza fortuita la reiterazione del misfatto? Beh, considerando che la prima volta sono stati trafugati 130€ circa (con cassa), la seconda 50€ in monete e banconote di piccolo taglio (con cassa) e la terza volta la sola cassa (vuota, mica sono fessi […]

L’articolo Terza vetrina d’ingresso rotta in due mesi da La Quinta Pinta a Caserta: adesso basta! sembra essere il primo su Luciano Pignataro Wineblog.

See original article here - 

Terza vetrina d’ingresso rotta in due mesi da La Quinta Pinta a Caserta: adesso basta!

24jun/16
Thumbnail

Great Douro Vineyard Run – 1st edition

Last weekend I was at Quinta do Noval for the very first Great Douro Vineyard Run. This event was organized by the three Port producing companies: Taylor Fladgate; Symington group; and Quinta do Noval. This was a rather strenuous circuit that started and finished in Pinhão …

Source article:  

Great Douro Vineyard Run – 1st edition

30mar/16
Thumbnail

Happy Birthday Quinta do Noval

I have been giving a series of tastings and events recently to celebrate the 300th anniversary of Quinta do Noval’s existence as a vineyard. In fact, there has certainly been a vineyard on the site for longer than that, possibly much longer. 1715 is the first record of the existence of the vineyard …

Read the article:  

Happy Birthday Quinta do Noval

23jan/16
Thumbnail

Quinta do Cardo Touriga Nacional Reserva 2012

O vinho Quinta do Cardo Touriga Nacional Reserva 2012 tem direito a 20 meses em barricas de carvalho francês e mostra-se ainda muito jovem, tudo ainda novo apesar de contar já com três anos de vida, bem focado na casta e nos seus principais descritores. Grande frescura e vigor de conjunto, austeridade mineral em fundo com ligeiro terroso, muita fruta misturada num vinho que de momento parece um novelo apertado e coeso a precisar de mais tempo para melhor se desenrolar na garrafa. Aberto nesta altura irá beneficiar de decantação, será bom companheiro de pratos de forte temperamento como por exemplo uma feijoada de javali. 91 pts

Jump to original - 

Quinta do Cardo Touriga Nacional Reserva 2012

11dez/15
Thumbnail

Grandjó Late Harvest 2012

O Grandjó da Real Companhia Velha tem estatuto de lendário, o “Vintage das terras altas” como é conhecido, vai para mais de 100 anos a brilhar à mesa. Por agora vamos na colheita 2012 que marca a estreia a solo do enólogo Jorge Moreira, num vinho cujas uvas da casta Sémillon provenientes da Quinta do Casal da Granja (Alijó) permitem o desenvolvimento de botrytis cinerea, o fungo responsável pela podridão nobre, factor determinante no processo de elaboração deste vinho muito especial. Esse mesmo efeito da botrytis sente-se presente no nariz, em companhia de aromas limpos, frescos e com aquele adocicado quase que a lembrar fruta em calda com destaque para o alperce, toque melado, chá de limão, muito bonita complexidade num todo com muita harmonia e delicadeza. Na boca é doce mas fresco, muita finesse com sensação de untuosidade a meio do palato, final fresco e de apontamento guloso, para mim deveria ter um bocadinho mais de acidez mas da maneira como desaparece do copo uma pessoa até se esquece desses detalhes. Custa coisa de 19€ e vale cada gota, um belíssimo Late Harvest. 94 pts

Continued here:  

Grandjó Late Harvest 2012

06dez/15
Thumbnail

Real Companhia Velha Espumante Chardonnay & Pinot Noir Bruto 2013

Este espumante da Real Companhia Velha é um caso sério, vai buscar as uvas à Quinta de Cidrô e junta as castas Chardonnay com Pinot Noir (mais presente nesta edição 2013). Acima de tudo prima pela elegância e harmonia de conjunto, pão torrado e manteiga dão a sensação de untuosidade, frutas presentes e elegantes (alperce, pêra, melão) a embalarem num conjunto com grande frescura, em fundo um toque de pederneira confere o retoque final na bela complexidade. Boca a mostrar-se com perfil vincado, cheio de sabor numa belíssima presença em tom cremoso acompanhado de muita frescura. Final de boca longo e persistente, num espumante de muita classe cujo preço ronda os 20€, onde a sua harmonia e elegância mostram-se capazes de ligar na perfeição com peixes de carne delicada ou o mais refinado marisco. 94 pts

Originally from: 

Real Companhia Velha Espumante Chardonnay & Pinot Noir Bruto 2013